+1 (305) 323.5377 growth@besingular.us
Select Page

Quando você pode medir o assunto sobre o qual você está falando, e expressá-lo em números, você sabe algo sobre ele; mas quando você não pode medi-lo, quando você não pode expressá-lo em números, seu conhecimento é de um tipo limitado e insatisfatório.“, Lord Kelvin.

A indústria controla seus estoques de matéria-prima e de produtos manufaturados. Seu custo variável é, basicamente, o quanto custa a matéria-prima. Suas vendas estão limitadas ao que é produzido.

O varejo vende o que tem nos estoques das prateleiras e depósitos, ou manda fabricar sob demanda.

E uma empresa de serviços? Como uma empresa de serviços mede seus custos, planeja e controla as suas vendas e receitas?

O estoque de uma empresa de serviços é a mão de obra do seu pessoal. Não todos os funcionários, somente aqueles que estão diretamente ligados à produção. Numa empresa de arquitetura, por exemplo: são os arquitetos. Em um escritório de advocacia: os advogados e alguns estagiários.

Até aqui, tudo bem. Ocorre que poucas empresas de serviços controlam as horas do seu pessoal de produção e, portanto, vivem no escuro.

Não controlar os estoques de mão de obra significa não poder medir a rentabilidade de um projeto. Podemos, sim, saber a rentabilidade no período – se sobrou ou não dinheiro no fim do mês – mas, avaliar um projeto específico ou comparar dois projetos entre si, impossível. Que dirá fazer um orçamento para um novo projeto? Uma obra de adivinhos.

Alexandre Ribenboim.