+1 (305) 323.5377 growth@besingular.us
Select Page

intuicao_tsunamisOs objetivos de longo prazo de uma empresa e com quais recursos e diferenciais ela pretende competir (em outras palavras, a estratégia da empresa), não podem ser conhecidos apenas “lá no fundo”, intuitivamente ou por mera comparação com outras empresas do mesmo segmento.

Algo como: “Meu escritório será como o XPTO Advogados Associados”, “Meus restaurantes serão como a cadeia Tal-e-Qual, dos EUA”, são frases comuns de empresários, mas que pouco transmitem algo de útil.

Mesmo nos mercados mais ocupados por competidores, cada empresa tem suas particularidades, suas fraquezas e forças, que devem ser estudadas e elaboradas, pelos gestores, na formação da estratégia, que é única, exclusiva, por empresa.

Eu costumo dizer que a principal razão para se elaborar (colocar por escrito) uma estratégia é alinhar os funcionários num objetivo comum, formar um time que trabalhe no mesmo sentido, somando esforços e não “batendo cabeças”. A estratégia será usada, a todo instante (repito, a todo e qualquer instante), para apontar os caminhos para as ações e decisões dos funcionários.

Intuição pode te salvar de tsunamis, mas no dia-a-dia o que você precisa mesmo é de uma estratégia clara e declarada (por escrito), divulgada e refletida em todas as áreas da sua empresa, compreendida por todos.

Alexandre Ribenboim.